segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009


Proteja-se dos raios ultravioleta!

0


Os raios ultravioleta UVA e UVB representam apenas 7% do total da radiação enviada pelo sol. Ambas são responsáveis pelo bronzeamento, mas também podem causar envelhecimento precoce, no caso do UVA, e vários tipos de câncer de pele, no caso do UVB.

Os cientistas andam cada vez mais atentos à ação desses raios. Boa parte deles é filtrada pela camada de ozônio presente na atmosfera – mas, com a crescente diminuição dessa proteção, uma quantidade cada vez maior de raios UVA e UVB acaba alcançando a superfície do planeta, expondo as populações a riscos crescentes. Preocupados com essa situação, os especialistas criaram um índice de riscos que classifica o grau de periculosidade desses raios: numa escala de 1 a 16, a classificação varia de perigo baixo (menor que 2 pontos) até perigo extremo (maior que 11 pontos).

No caso do Brasil, os riscos são ainda maiores: como 92% do território nacional encontra-se em regiões tropicais e subtropicais (onde as radiações solares são mais intensas), as principais cidades brasileiras ostentam índices de raios ultravioleta considerados extremos. Assim, o uso de um bom protetor solar virou algo indispensável. A Organização Mundial de Saúde recomenda que, em regiões com índices altos como o Brasil, as pessoas devem se proteger dos raios com chapéu, óculos e roupas que não deixem partes do corpo expostas ao sol.

Mas há, porém, algumas variáveis que devem ser levadas em conta na hora de determinar quanto tempo permanecer ao sol sem se expor aos perigos dos raios UVA e UVB. A cor da pele é uma delas. Quanto mais escuro o tom da pele, maior a resistência ao sol. Segundo as orientações da OMS, num dia com índice ultravioleta 11, uma pessoa de pele clara pode tomar sol por cinco minutos e meio sem nenhuma proteção. Mas esse período pode ser prolongado de acordo com o filtro solar que ela estiver usando. Por exemplo, se o fator de proteção do produto for 15, ela deve multiplicar os cinco minutos e meio por quinze, resultando em 82,5 minutos. Essa mesma fórmula pode ser usada por pessoas com todo tipo de pele, usando a tabela da OMS. Clique aqui para conferir esta tabela e saber o índice de raios UVB na sua cidade.

Outras variáveis importantes no impacto da exposição ao sol são os agentes externos: nuvens claras e esparsas, do tipo bolinha de algodão, atuam como espelhos e multiplicam a intensidade dos raios em até 30%. Nem mesmo o concreto claro usado freqüentemente em bordas de piscina é inofensivo: ele aumenta a força dos raios em até 5%. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de se expor ao sol: para curtir o seu verão sem preocupação, use o produto da linha Avon Sun mais adequado para a sua pele.

Fonte: Avon Sun

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

Confira meu NOVO Folheto Virtual!